Benfica e Castelo Branco vence Vigor e Mocidade

Entrando a alta velocidade a equipa encarnada pressionou logo no início a bem organizada defesa coimbrã, que tudo fazia para suster o maior ímpeto local. Apesar desta insistência, foram os visitantes que aos nove minutos quase conseguiam apontar o primeiro golo, não fosse a boa intervenção do guardião Nuno Morais.

 

  • Desporto
  • Publicado: 2011-04-17
  • Autor: José Manuel R. Alves

Entrando a alta velocidade a equipa encarnada pressionou logo no início a bem organizada defesa coimbrã, que tudo fazia para suster o maior ímpeto local. Apesar desta insistência, foram os visitantes que aos nove minutos quase conseguiam apontar o primeiro golo, não fosse a boa intervenção do guardião Nuno Morais.

Certamente devido a este “arrepio” a equipa local lançou-se novamente ao ataque, sucedendo em catadupa os lances junto da baliza contrária, valendo o autêntico “muro” construído pelos homens de Fala, chegando a determina altura a dar a entender que jogavam para o empate, dado que até ao intervalo não surgiu perigo para a baliza encarnada.

Por aquilo que fez ao longo dos primeiros 45 minutos, não restam dúvidas que o Benfica e Castelo Branco se estivesse em vantagem ao intervalo, seria com toda a justiça.

A etapa complementar, foi mais uma vez dominada pelos comandados de Quim Manuel, desenvolvendo jogadas bem construídas, sobretudo pelos flancos, com sucessivos cruzamentos para a área visitante. E foi precisamente num desses lances, que aos 63 minutos, Ronam, num pontapé de bicicleta, viria a marcar o primeiro e único golo da partida, um tento bastante festejado pelo reduzido público presente no Vale do Romeiro.

Já nos minutos finais ainda se registou alguma reacção por parte dos homens de Tó Miranda, mas sem qualquer concretização. Destaque para os encarnados da capital da Beira Baixa que neste encontro surgiram com uma outra força anímica e uma maior frescura física, relativamente a outros jogos que disputaram no seu reduto, factor positivo, que agradou aos seus adeptos.

Boa arbitragem

PUB

PUB

PUB

PUB