Poeta Albicastrense António Salvado distinguido no Brasil

A obra “Outono”/ “Outoño do poeta albicastrense António Salvado foi contemplado com o prémio internacional 2010 “Lyad de Almeida” da União Brasileira de Escritores do Rio de Janeiro.  

  • Cultura
  • Publicado: 2011-02-21 12:39
  • Autor: Diario Digital Castelo Branco

A obra “Outono”/ “Outoño do poeta albicastrense António Salvado foi contemplado com o prémio internacional 2010 “Lyad de Almeida” da União Brasileira de Escritores do Rio de Janeiro.  

Com pinturas do japonês Kousei Tanaka, “Outono” foi editado em Madrid e traduzido para espanhol e japonês por Alfredo Pérez Alencart e An Oshiro. O juri formado Margarida Finkel, Luiz Gondim de Araújo Lins e Stella Leonardos salientou a originalidade da poética de Salvado  com um percurso de mais de meio século, plasmado em dezenas de títulos. Recorde-se que António Salvado foi o protagonista da última edição do Encontro de Poetas Ibero-americanos de Salamanca, em Setembro do ano passado, tendo sido lançada na ocasião a antologia “La Hora Sagrada” que reúne parte da sua obra. 

PUB

PUB

PUB

PUB