Festa do Avante com “Carvalhesa” em versão sinfónica, Pedro Abrunhosa, Tim, João Gil e Deolinda

A Festa do Avante contará, este ano, com um concerto sinfónico que homenageará a “Carvalhesa”, música que se tornou um “hino” do evento, num cartaz em que constam Pedro Abrunhosa, Tim, João Gil e Deolinda, entre outros.

  • Cultura
  • Publicado: 2010-07-20 16:21
  • Autor: Diario Digital Castelo Branco/Lusa
 Festa do Avante contará, este ano, com um concerto sinfónico que homenageará a “Carvalhesa”, música que se tornou um “hino” do evento, num cartaz em que constam Pedro Abrunhosa, Tim, João Gil e Deolinda, entre outros.

Ruben de Carvalho, membro do comité central do PCP e histórico organizador da Festa do Avante, destacou, em declarações à Lusa, o concerto de sexta feira, que se transformou “numa imagem de marca da festa”, porque, referiu, “não é comum uma concerto de música sinfónica numa grande festa de ar livre”.

“Este ano tem a característica especial de assinalar os 25 anos da gravação da ‘Carvalhesa’”, um tema que se tornou um “hino da festa”, que abre e encerra os concertos nos três dias da iniciativa, destacou.

A Festa do Avante, o evento político e cultural que marca anualmente a “rentrée” do PCP, tem lugar nos dias 3,4 e 5 de setembro, assinalando este ano os 20 anos da sua realização no espaço próprio dos comunistas da Quinta da Atalaia, no Seixal, 34 anos depois da primeira iniciativa.

O concerto de sexta feira, pela Orquestra Sinfonietta de Lisboa, decorrerá sob o signo da “música erudita feita por compositores clássicos com base em termas musicais de carácter popular”, como é o caso da “Carvalhesa”, que será ouvida com orquestração de António Victorino D’ Almeida.

Os 11 temas que serão tocados – dois deles concertos para piano e orquestra, tocados pelos pianistas António Rosado e Mário Laginha – vão desde Gershwin, com a “Rapsódia em Blue”, até à “Dubinuschka” de Rimsky-Korsakov, passando pela “Dança Ritual do Fogo”, de Manuel de Falla, até ao “Greensleeves”, de Vaughan Wiliams.

Nos portugueses, além da homenageada “Carvalhesa”, consta também a “Suite Alentejana”, de Luís Freitas Branco.

Para proporcionar a “variedade habitual” usada para “satisfazer um público de uma grande transversalidade, quer do ponto de vista etário, quer cultural”, a programação musical da festa vai do fado ao hip hop, passando pelo rock e o jazz, entre outro géneros musicais.

Ruben de Carvalho destacou os concertos de Pedro Abrunhosa, de Tim (dos Xutos e Pontapés, com um espetáculo próprio), que sobe ao palco com os “companheiros de aventura” Rui Veloso, Mário Laginha, Celeste Rodrigues e Vitorino, assim como de João Gil, e o seu “Baile Popular”.

Constam também do cartaz da Festa do Avante, Deolinda, o Bernardo Sassetti trio, Expensive Soul, António Chainho, Isabel Noronha, Pedro Moutinho, Dany Silva e Celina Pereira, Janita Salomé, Filipa Pais, Ritinha Lobo, Yami, Naifa, Peste e Sida, entre outros.

Dos Estados Unidos, chegam “The Flawed Cowboys”, da América Latina, Roberto Pla all stars, “Camba Tango”, da Argentina” e as bandas catalãs “Eina” e “La Rumbé”.

A música não esgota a programação da Festa do Avante, que tem igualmente uma componente gastronómica, de exposições temáticas e de artes plásticas, cinema, peças de teatro, dança, debates e lançamentos de livros, bem como eventos desportivos.

PUB

PUB

PUB

PUB