Região

Proença-a-Nova: Assembleia Municipal despede-se com homenagem a Arnaldo Cruz

Diario Digital Castelo Branco | 2017-09-19 08:13:00

Os deputados da Assembleia Municipal eleitos em 2013 realizaram a última reunião do mandato esta sexta-feira, 15 de setembro, prestando homenagem a Arnaldo Cruz, presidente da Assembleia Municipal nos dois últimos mandatos, que foi unânime junto de PS e PSD (o deputado do CDS não participou nesta reunião).

O presidente da Câmara Municipal, João Lobo, entregou uma medalha do concelho aos deputados municipais e, de forma emocionada, uma simbólica oferta a Arnaldo Cruz pela forma serena como conduziu os trabalhos nos últimos oito anos e que, na sua perspetiva, contribuiu para o ambiente democrático que pautou todas as sessões.

“Apesar das diferenças entre bancadas, soubemos sempre estar e com certeza que isso se deveu à conduta de cada um, mas também à forma serena como o presidente da Assembleia Municipal conduziu os trabalhos. Tenho a agradecer o acompanhamento sempre atento que faz do nosso exercício, além de que nos ajudou e nos ensinou muito. Como já tive oportunidade de dizer relativamente ao Padre Ilídio Graça, só parte verdadeiramente quem não faz parte de nós e o Major General Arnaldo Cruz fará sempre parte de nós”.

Victor Bairrada, da bancada do PS, apresentou uma moção de louvor ao presidente da Assembleia Municipal “por desempenhar as suas funções com elevado sentido democrático, dedicação, competência, espírito de missão e dedicação à causa pública”, moção que foi aprovada por unanimidade.

“Foram quatro anos que, do meu ponto de vista, foram positivos, produtivos e foram de verdadeiro espírito democrático”, referiu. Também Francisco Grácio, responsável da bancada do PSD, destacou o fim de ciclo e o contributo dado pelos deputados do seu partido. “Procurámos sempre considerar os interesses dos munícipes acima de qualquer interesse partidário”. Deixou igualmente uma saudação particular ao presidente da Assembleia Municipal: “Esteve no melhor desempenho das suas funções, desempenhou o cargo com grande lealdade, com sentido de responsabilidade e com muito respeito por todos nós”.

Na abertura da reunião de sexta-feira, antes das homenagens, Arnaldo Cruz agradeceu e destacou o empenho e solidariedade institucional e democrática no esforço de resolução das questões que, neste mandato, se foram colocando e referiu o seu apreço pelo sentido de serviço público na colocação, sem hesitações, dos interesses do concelho acima de eventuais imediatismos partidários e sempre num quadro de respeito mútuo. Deixou também uma palavra de grande respeito pelos munícipes do concelho, “pelo povo que nos elegeu e que abnegadamente continua a encarar com coragem e confiança a valorização e o futuro, apesar das vicissitudes da interioridade”. Considerou ainda que a sua “tarefa” foi naturalmente sempre facilitada pelo empenho, desde logo, dos estimáveis colegas de mesa, atuais e anteriores, pelos dirigentes e demais colaboradores da Câmara que foram respondendo às solicitações no quadro das respetivas competências.

Natural de Sobreira Formosa, Arnaldo Cruz foi presidente da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) entre fevereiro de 2006 e novembro de 2012 e foi assessor militar do então primeiro-ministro, António Guterres, entre 1998 e 2002. Antes de ser nomeado para a presidência da ANPC, desempenhava as funções de assessor do secretário de Estado Ascenso Simões.


Publicidade
Meteorologia
Hoje
Amanhã
Noticias
Newsletter
Publicidade
Publicidade
© Diario Digital Castelo Branco 2017
Desenvolvido por citricweb.pt