Castelo Branco: Teatro-Váatão no filme “Carga”

O filme “Carga”, mais recente trabalho do realizador português Bruno Gascon, teve a sua antestreia no passado dia 29 de Outubro, no Cinema S.Jorge, em Lisboa, onde esteve presente uma equipa do Váatão Teatro de Castelo Branco, convidada para o efeito, e que participou nesta produção nacional com um grupo de atores.

  • Cultura
  • Publicado: 2018-10-31 14:48:36

O filme “Carga”, mais recente trabalho do realizador português Bruno Gascon, teve a sua antestreia no passado dia 29 de Outubro, no Cinema S.Jorge, em Lisboa, onde esteve presente uma equipa do Váatão Teatro de Castelo Branco, convidada para o efeito, e que participou nesta produção nacional com um grupo de atores.

Tudo começou em 2017 quando o Váatão foi contactado pela jovem Produtora “Caracol” com o intuito de convidar o grupo de teatro albicastrense a associar-se a esta iniciativa. Logo na altura o Váatão não hesitou, tratando-se da rodagem de um filme cujo tema era o tráfico de seres humanos, com enfoque na exploração sexual, ainda por cima, rodado no nosso distrito.

Fazendo jus ao Estatuto de Utilidade Pública que muito orgulhosamente é reconhecido ao grupo, o Váatão cedeu graciosamente um conjunto de atrizes e atores dispostos a fazer parte deste projeto. O Colégio de S. Fiel, no Louriçal do Campo, a Serra da Estrela e Belmonte, foram alguns dos locais escolhidos para a rodagem deste filme que conseguiu atrair atores de renome como Michalina Olszanska, Vitor Norte, Rita Blanco, Dmitry Bogomolov, Miguel Borges, Sara Sampaio, Ana Cristina Oliveira e Duarte Grilo, enquanto protagonistas. Pelo Váatão, participaram no filme  Ariana Pedro, Fernando Paussão, João Artur Santos, João Pedro Lopes, Margarida Calaveiras, Mariline Santos e Tânia Bento.

A estreia nacional é já no dia 8 de Novembro, quinta feira. A sua adaptação para livro, com o mesmo nome, da autoria e adaptação de Vasco
Cortese (pseudónimo), foi lançada, pela Oficina do Livro, na passada terça-feira, 23 de Outubro, através do qual se apresenta uma outra dimensão da história dramática que o filme nos conta, “explorando as várias personagens de novas perspetivas, contextualizando as origens do crime organizado na ex-URSS e mostrando com frieza os dois lados em confronto na tragédia do tráfico humano”. Este filme tem estado na mira dos mais variados certames cinematográficos nacionais e internacionais.

Maria da Luz Lopes, presidente da direção, encenadora e diretora artística do grupo, refere que «para o Váatão é um enorme orgulho ter sido convidado a participar nesta aventura de ‘Carga’, que vem coroar o esforço e a afirmação do grupo no panorama cultural e artístico albicastrense e que tem agora visibilidade acrescida com a sua fantástica e bem conseguida incursão neste projeto de âmbito nacional e internacional, que deve também encher de orgulho todos os albicastrenses». Convidamos pois a um olhar atento à programação cultural da nossa cidade que não deixará, certamente, de conferir o merecido destaque a esta história de ‘Carga’, um Filme Português, também com Albicastrenses, para o Mundo!

PUB

PUB

PUB

PUB